quarta-feira, 14 de março de 2012

Sinto Tudo. Sinto tudo o que um nada representa

Sinto medo, angústia e procupação. Preocupação para comigo e por aquilo que estou a perder de mim.
Dor, fracasso e histórias incompletas.
Palavras a ecoar na cabeça e sentimentos a deambular no coração.
Textos e palavras perdidas.
Tentativas fracassadas de esquecer o que não pode ser apagado.
Sinto amor por mim própria e ao mesmo tempo muita raiva. Sinto revolta e nervos. Arrependimento.
Sinto saudades. Muitas saudades.
Dúvido do que sou, e questiono-me. Gostava de ser forte e de enfrentar o mundo inteiro sozinha. Mas não consigo. Faz-me falta mais uma alma, mais um ser que me faça sentir o contrário do que sinto.
Ataques de raiva e fúria súbida. Sinto tudo.
Preciso de força, preciso de sentir aquilo que me fizeste sentir.
Ás vezes gostava que ouvisses o meu grito interior.
Sinto tudo. Tudo aquilo que não queria sentir. Tudo aquilo que me faz mal e que me transforma. Preciso de paz, de tranquilidade, de segurança, de força. Preciso de amor. Preciso de mim.
Tenho saudades de mim. E de ti. E de nós. E de sentir o contrário do que sinto. Porque sinto tudo. Sinto tudo o que um nada representa.
By: Keep calm and enjoy (Ana)

1 comentário:

  1. Sinto tudo o que um nada representa.. magnifico..

    ResponderEliminar